segunda-feira, 22 de agosto de 2011

O chiclete

Assim como o chiclete
num banho de saliva,
nessa boca lasciva
já língua penetre...


E assim deslizando
por todos os cantos,
incitado e incitando
os eróticos pontos.


Do teu corpo sentindo
uma febre em alarme
e a quente umidade
das entranhas surgindo.


E não podemos parar,
o prazer já invade...
é a hora e o lugar
de matar a vontade...
      João Lover

Nenhum comentário:

Postar um comentário